segunda-feira, 21 de julho de 2014

A tradicional Feira da Villa Amélia

segunda-feira, 21 de julho de 2014 0

A tradicional Feira da Vila Amélia, na Rua Adelino Valente, é um grande evento cultural que faz parte da vida dos friburguenses há 42 anos.  A palavra "feira” vem do latim "feria”, e significa "dia de descanso".

feira livre vila amelia foto castroUm mundo de cheiros, cores e sabores, onde encontramos cereais, hortaliças, peixes, frutas, queijos, vinhos, embutidos, flores e principalmente pessoas oriundas de toda a cidade e região, que buscam na feira, a melhor opção para uma alimentação gostosa e saudável!

feira livre vila amelia2Na Coopfeira, a Feira  da Vila Amélia,  encontramos tudo que precisamos para uma  boa e saudável alimentação.  A maioria dos feirantes são produtores, o que  nos garante sempre um alimento  fresquinho. 

feira_vila_amelia1 Os  produtos  mais procurados pelos frequentadores da Feira da Vila Amélia são:  ovos,  laranja, uva, mamão, morango, banana, cenoura, repolho, batata,abacate, inhame, feijão,  pepino, salsinha, cebolinha, alface,  tomate,  ervilha, feijão,  milho, abóbora,   peixes, vinhos, flores e  frutos do mar. Por se  Nova Friburgo um  grande produtor de hortifrutigranjeiros,  contamos sempre com  produtos frescos e com  alta qualidade.

feira_vila_amelia2A feira é um evento multicultural onde compramos e vendemos  os mais variados produtos.   Presente na vida do homem há milênios e totalmente inserida em todas  as  culturas,  a feira é um local para desfrutas dos sabores e encontrar os amigos.

Fotos:  Osmar de Castro
Para Ver, "Curtir", e "Compartilhar" as belezas de Nova Friburgo basta acessar:  
http://www.panoramio.com/user/1022882/slideshow

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Águas de Nova Friburgo até quando…

quinta-feira, 5 de junho de 2014 0

No Dia Mundial do Meio Ambiente, Nova Friburgo, colonizada por europeus, recebe um presente de... grego! Em seus rios, esgoto e mais esgoto da ETE Olaria. A empresa, que é muito bem paga para por todos os lares friburguenses para tratar e despoluir nossas águas, está despejando esgoto nos rios Santo Antônio e Bengalas - uma situação lamentável, constrangedora, triste, suspeita e incompreensível. Afinal, deveriam tratar e não poluir. Ou entendi errado?

rio_conego_poluido pela ETE Olaria  Acima  um descaso com o meio ambiente, tão defendido pela empresa “Aguas de Nova Friburgo”. Repare que milhares de litros de matéria escura são jogados no Rio Cônego  pela ETE Olaria. Veja a diferença da cor da água antes e depois  de ser contaminada por essa lama escura.

Fique por dentro de seus direitos:

Como parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, o Disque Denúncia, criou o Programa Linha Verde, que busca contribuir com o desenvolvimento socioambiental atuando também nas áreas de educação e conscientização ambiental e preservação do meio ambiente O programa disponibiliza o número 0300 253-1177 para que a população de todo estado do Rio de Janeiro e de outros estados possam denunciar os crimes ambientais através de uma ligação com custo local.

Em cinco anos, o Disque Denúncia recebeu cerca de 36 mil ligações relativas a crimes cometidos contra o meio ambiente. São recebidas aproximadamente 7,2 mil denúncias ambientais por ano e cerca de 20 ligações por dia.

Somente no ano passado foram registradas 7.543 denúncias sobre meio ambiente, mais da metade relativo a maus tratos de animais, seguido de desmatamento e comércio de animais silvestres

DSC_1210 Neste  trecho do Rio Santo  Antônio que fica em Mury,é evidente que  as águas são cristalinas, sem o perigo de contaminação ambiental da ETE Olaria, que fica localizada  no centro de Nova Friburgo.

DSC_0151  Neste trecho do Rio Santo Antônio, localizado nos fundos do Nova Friburgo Country Clube, observamos a água cristalina sem ser  poluída pela  ETE olaria, que fica  3 metros a frente.

DSC_0157  Largo do encontro dos Rios Cônego e Santo Antônio que formam o Rio Bengalas. Neste trecho, em frente o templo da Comunidade Luterana, O Rio Bengalas  já nasce poluído.

Saber Mais:     Segundo a cartilha da própria “Aguas de Nova Friburgo”, justificando as altas taxas cobradas pelo fornecimento e tratamento das águas de nossa cidade,  a ETE -  Olaria funciona  ou  assim deveria funcionar:

“Estação utiliza o sistema MBBR – Moving Bed Biologic Reactors, permitindo que cerca de 95% da matéria orgânica seja removida durante o processo de tratamento do esgoto. Uma vez captado pelos interceptores, o esgoto chega à estação. As duas primeiras etapas são o hidrociclone e a peneira rotativa, onde são retiradas as partes sólidas do esgoto. Em seguida, vem o tanque anóxico, uma espécie de câmara sem oxigênio onde o nitrogênio (N2) do esgoto é retirado. Depois, segue para os tanques aerados quando milhares de microorganismos se alimentam de toda matéria orgânica.  Saindo do tanque o esgoto vai para o decantador, onde o excedente de lodo é decantado. Após essa etapa, o lodo é seco na centrífuga e encaminhado para o aterro sanitário. Já o esgoto tratado, é finalmente devolvido aos rios. Um processo inovador que necessita de um espaço relativamente pequeno, sem ruídos e sem emissão de odores.”  

DSC_0158 (1)Como cidadão friburguense, sugiro que a tarifa de tratamento de  esgoto cobrada a todos os moradores do bairro de Olaria,  sejam canceladas, já que as evidências mostram “in loco” que o tratamento não é efetuado  como o contratado e muito bem pago pelo cidadão friburguense.

DSC_0154Neste trecho o Rio Santo Antônio se arrasta doente, coberto com seu manto negro que o  impede de ter  suas águas totalmente  oxigenadas.  É no mínimo lamentável!

Fotos:  Acervo Digital Castro – acervonovafriburgo@gmail.com  

Veja, descubra e “Compartilhe” os momentos de Nova Friburgo acessando:   http://www.panoramio.com/user/1022882

Blog Widget by LinkWithin
 
◄ADM: Léo Silveira - Design by Pocket
BlogBlogs.Com.Br